Daily Archives

One Article

Carreira

Como lidar com o medo da mudança!

Posted by Otavio James Bernardes Junior on
Como lidar com o medo da mudança!

O medo acompanha a humanidade há milênios, o medo de sair das cavernas ou até da própria natureza, com suas ventanias e enchentes. O medo, na maioria das vezes causado por experiências ruins e pelo futuro desconhecido, acaba impedindo muita gente de evoluir.

O tempo passou e o medo de mudar continua dando o que falar. Muitos continuam com aquele discurso “para que mudar se está bom assim?” e será que não pode melhorar? Por quanto tempo continuará bom mesmo?

Com o tipo de sociedade que vivemos hoje, todos embarcam em um tipo de rotina, atividades que realizam diversas vezes e que com o tempo passam a ser automáticas, sem esforço nenhum para nosso cérebro.

Não é tão simples descrever o medo quando se trata de mudança. São tantas possibilidades, tanta preocupação e angústia que precisamos entender…

O principal vilão dos nossos medos, além de nós mesmos, é o desconhecido. A imprevisibilidade, a ação de sair da zona de conforto e iniciar algo que não temos ideia de como irá terminar é algo assustador.

Quem nunca ficou imaginando mil e uma coisas que poderia acontecer caso fizesse algo? Como trocar de emprego, se mudar para outra cidade ou até terminar um relacionamento…

Apesar de termos o hábito de estar sempre planejando tudo, vivendo como uma lista de tarefas interminável para ser “alguém de sucesso”,  esse receio quanto as mudanças podem começar a afetar esses mesmos objetivos.

Como o medo de mudar pode atrapalhar sua vida

São tantas formas que o medo aparece, que muitas vezes deixamos que ele nos comande. Temos sonhos e metas que acabamos por não realizar simplesmente pela desconfiança do desconhecido. Por não saber se irá dar certo e como irá te afetar… Listamos alguns tipos mais comuns para que reflita um pouco, veja:

  • Mudar de emprego;
  • Abrir seu negócio;
  • Romper um relacionamento;
  • Morar em outra cidade;
  • Fazer uma viagem diferente;
  • Mudar de carreira;
  • Construir uma família.

Quantas vezes você viu aquela vaga de emprego incrível mas não mandou currículo por “estar bem” no trabalho atual? Quantas vezes você teve uma ideia que daria um ótimo negócio, mas não tirou do papel?

Quando falamos do medo tem muitos pontos pessoais, porém muitos pontos relacionados a nossa vida profissional também. Ninguém vive sem medo ou sem erros, a grande diferença é nossa capacidade de aceitar e fazer mesmo assim.

Se não colocar aquelas suas ideias inovadoras em prática, alguém com certeza irá fazer.

Hoje, na era de nômades digitais, vemos muita gente observando as fotos, os textos dos viajantes com o sonho de estar lá também, mas consciente da sua zona de conforto e sem nenhuma intenção de realmente pôr em prática, novamente pelo medo da mudança.

Acabamos nos limitando tanto e aceitando uma vida pacata e rotineira, sem grandes emoções.

Está na hora de mudar e realmente viver a sua vida!

Maneiras de superar o medo de mudar

“As pessoas têm medo das mudanças… Eu tenho medo que as coisas nunca mudem.”

Chico Buarque

Como o querido Chico Buarque disse, tenha medo de que tudo fique exatamente como está!

Imagina fazer as mesmas coisas, ter as mesmas sensações e ir aos mesmos lugares todos os dias? É horrível só de pensar. Assim como o medo é natural ao nosso corpo, a mudança também deve ser.  A nossa capacidade de enfrentar os receios e nos adaptarmos às mudanças é o que irá nos realizar.

Claro que ninguém consegue mudar da noite para o dia, não é um ato fácil. Para a mudança começar pode ser bem devagarinho, como por exemplo escolher um caminho diferente para o trabalho, almoçar em um restaurante que ainda não tenha experimentado ou ir para um passeio em um local que nunca tenha ido.

Por mais simples que essas mudanças pareçam, muitas pessoas acham banal e acabam não realizando. No entanto, quem coloca em prática percebe o quão diferente as coisas podem ser, mesmo pertinho do que se costuma fazer.

Quando buscamos fazer algo diferente do que estamos acostumados, nós desafiamos o nosso cérebro, notamos e aprendemos muito mais.

Com tantas oportunidades a serem pensadas, deixando de lado seus medos, listamos algumas formas de te ajudar a decidir, leia:

  • Analise os prós e contras;
  • Converse com outras pessoas;
  • Busque mais informações;
  • Entenda que outras pessoas terão as mesmas informações que você.

Tudo que é feito com planejamento tem muito mais chances de dar certo, então analise bem, pense em como funcionará, pesquise e peça opinião de outras pessoas, é sempre bom ter uma visão de fora.

É preciso ter consciência que todas as escolhas terão consequências, algumas boas e outras ruins. Mas com absoluta certeza de que qualquer que seja a consequência, haverá aprendizado, você terá tentado.

Se existe uma coisa ruim nessa vida, é ficar sonhando com o que poderia ter sido. “Se eu tivesse ido para aquele outro emprego não estaria com esse salário” ou “se tivesse chamado ela para sair, talvez um dia nos casássemos”.

Não deixe sua vida ser movida pelo “se” faça as coisas acontecerem. Para evoluir e se transformar na pessoa que você quer, é preciso aceitar as dificuldades e consequências, sempre tentando.

Conclusão – Mudando para melhor

“Não tenha medo da mudança. Coisas boas se vão para que melhores possam vir.”

Caio Fernando de Abreu

Assim como mostrou a citação, as mudanças podem trazer más consequências, mas também podem mudar sua vida para muito melhor. Infelizmente nós nunca poderemos ter tudo que desejamos, para funcionar é necessário prioridades sobre o que é mais importante para você.

Você pode escolher trabalhar menos para ter mais tempo com a família, mas consequentemente menos dinheiro também. Ou pode trabalhar muito mais, tendo mais condições para as necessidades da família, sem poder desfrutar tanto dela.

São escolhas pessoais, cada um saberá qual se adaptará melhor, o importante é deixar o medo de mudar de lado. A questão é justamente essa, fazer escolhas, não ficar na zona de conforto deixando a vida passar. Entenda seus medos, aceite-os e faça mesmo assim. Saiba suas limitações e como melhorar, dessa forma você poderá mudar a sua vida.

Além do mais, quanto maiores os desafios que enfrentamos, maior é a sensação de satisfação depois, né?